Bolsa.pt

Informações sobre a bolsa de valores.

10 Erros comuns ao investir na bolsa

Investir na bolsa é uma atividade que pode gerar imenso lucro, mas que também o pode fazer perder imenso dinheiro.

Para investir na bolsa de valores é necessário bastante conhecimento, boa visão de futuro e muita reflexão na hora de comprar e vender.

O investidor iniciante deve sempre começar com valores baixos, pois está mais sujeito a erros que um investidor com largos anos de experiência. Veja os erros mais comuns e aprenda com eles.

Os 10 erros mais comuns cometidos por investidores

  1. Comprar quando as ações estão altas e vender quando estão baixas - Pode parecer óbvio, mas é muito comum. O investidor compra quando está alto, pois fica aliciado com o potencial e depois vende quando está baixo porque fica assustado com o futuro, acabando por perder dinheiro.

  2. Acreditar em boatos sobre o valor das ações - Existem sempre boatos e estratégias milagrosas para ganhar imenso dinheiro. No entanto, a maior parte destes boatos apenas o fará perder dinheiro. Ninguém consegue saber exatamente o que se irá passar na bolsa e muitos dos boatos não passam de especulações.

  3. Alterar a estratégia sempre que existe uma flutuação - O investidor deve definir uma estratégia e manter-se fiel à mesma. Alterar sempre que existe uma flutuação pontual apenas vai fazer com que ande a investir sem rumo.

  4. Não diversificar o investimento - Uma carteira diversificada reduz o risco. Muitas vezes os investidores colocam tudo apenas numa área e quando perdem, acabam por perder bastante. Diversifique a sua carteira com diferentes tipos de ações.

  5. Não admitir a perca - Ninguém gosta de admitir que perdeu dinheiro, mas ficar com ações tempo demais apenas porque estamos à espera que voltem a subir, é um erro. Não devemos vender quando a ação desce, mas também não poderemos ficar eternamente a aguardar que recupere.

  6. Escolher uma corretora que não é adequada - Existem várias corretoras diferentes. Umas adequadas a quem investe poucas vezes, mas em grande quantidade, enquanto outras mais adequadas a quem investe frequentemente mas com valores mais baixos. Verifique as taxas de cada uma e escolha a que melhor se enquadrar no seu perfil.

  7. Autoconfiança em excesso - Investir não é fácil, requer muito estudo e acima de tudo muita experiência. Por vezes ler dois ou três livros não é suficiente para conseguir investir na bolsa. O investidor iniciante deve ser cauteloso numa fase inicial e investir valores baixo até se sentir confortável com o mercado.

  8. Investir a curto prazo - O verdadeiro lucro de investir na bolsa ocorre a longo prazo. Apesar de poder vender as ações em qualquer altura é um erro vendê-las quando estão em baixa apenas porque precisa do dinheiro que investiu. Invista sempre pensando a longo prazo.

  9. Efeito manada - Um dos efeitos mais comuns e também mais perigosos quando se investe na bolsa. O ser humano prefere perder acompanhado, justificando assim as suas ações. É compreensível comprar ou vender quando se repara que muita gente o está a fazer, mas investir é tomar as ações que considera corretas. Faça parte da manada apenas enquanto achar justificável.

  10. Utilizar fundos não destinados ao investimento - Utilizar dinheiro que deveria estar em poupança para comprar ações que julga serem um ótimo investimento é sempre um erro! Investir não é um negócio certo e por isso nunca deve misturar os fundos para investimentos com outros fundos pessoais.

// Bolsa.pt